Roqueiro desde sempre, obteve experiências boas e ruins no meio secular. Começou a ir para a Igreja somente para tocar e posteriormente ficou membro do projeto social “Vicentinos” de sua paróquia. Abraçou a BANDA no lançamento do primeiro CD e assim se tornou membro oficial.